20071204

Segurança no trabalho

A segurança no trabalho, ou a falta dela, é algo que cada vez mais preocupa (ou devia peocupar) tanto as entidades patronais e trabalhadores, como os governos (através dos ministérios do trabalho).

Um bom exemplo para uma tentativa (mais uma) de reduzir os acidentes de trabalho a zero vem da WSIB (Workplace Safety and Insurance Board), através do programa prevent-it.ca.

Um dos vídeos de promoção da prevenção é o seguinte

<a href="//www.youtube.com/watch?v=0Haa4QImf40" target="_blank">ver no YouTube</a>

Tanto este vídeo, como os restantes pertencentes a esta campanha, podem parecer "crús", no entanto talvez seja mesmo essa a ideia que a WSIB queira transmitir aos trabalhadores e aos patrões.

<link>
prevent-it.ca (WSIB)
</link>

20071122

Vector Magic

Vector MagicAlguma vez tiveram a necessidade de converter uma imagem (JPG, GIF, PNG, ...) para um formato vectorial (ao redimensionar a imagem a qualidade não degrada)?

Isso já me aconteceu... infelizmente, a primeira vez que tive de fazer isso o Vector Magic (VM) não existia: tive de fazer a conversão manualmente (num programa de desenho vectorial).

Apesar do trabalho que tive foi-me possível guardar no bolso o que teria de pagar a alguém para fazer esse trabalho!

No entanto, hoje-em-dia existe o VM que "não é mais" que uma ferramenta online, disponibilizada pela Universidade de Stanford, para conversão de imagens bitmap para formatos vectoriais (EPS ou SVG).

O funcionamento é bastante simples: efectua-se o upload da imagem, deixa-se o VM fazer o seu trabalho, fazem-se os acertos que se achem necessários e guarda-se o ficheiro resultante.

Aqui fica um exemplo do trabalho efectuado pelo VM (a imagem da esquerda é a original e a da direita é o PNG da imagem vectorizada):

Imagem original Imagem vectorizada

<link>
Vector Magic
Imagens vectoriais @ Wikipedia
</link>

20071116

Cobras químicas

the pharaoh's snakes, cobras químicasLonge vão os tempos do secundário, no entanto há sempre episódios que nos ficam na retina.

Um desses episódios foi quando o nosso professor de ciência se propôs a fazer uma esperiência que podia ser feita em casa...

O único problema dele foi o facto de ter exagerado nas quantidades e a experiência ter corrido bem demais. Tão demais, que a cara do professor, de um momento para o outro, se tranformou num esgar de pânico e a única solução encontrada foi enviar o pobre do goblé pela janela fora (isto de um primeiro andar).

Felizmente estavam a decorrer obras de renovação na escola e mesmo debaixo da janela do laboratório de ciências estava um contentor para colocar o desperdício das obras...

Resta dizer que o goblé, e a experiência, foram parar a uma qualquer lixeira da cidade!

Regresando à realidade, aqui ficam os ingredientes:
  • areia
  • bicarbonato de sódio
  • açúcar
  • alcóol
  • um fósforo
A experiência em si é bastante fácil de executar, no entanto é necessário haver algum cuidado pois é utilizado alcóol e chama (o que pode provocar um incêndio ao haver um descuido).

A receita é a seguinte:
  1. Colocar um pequeno cone de areia numa superfície não inflamável, com uma ligeira depressão no centro
  2. Colocar alcóol na depressão do monte de areia
  3. Preparar a mistura reactiva (1 parte de bicarbonato de sódio para 4 partes de açúcar) num recipiente
  4. Colocar a mistura reactiva na depressão da areia
  5. Acender o alcóol e ver a magia acontecer...
<a href="http://www.metacafe.com/watch/714699/" target="_blank">Ver clip no Metacafe</a>
The snakes of the pharaoh

O resultado desta experiência não tem nada de mágico, é apenas um simples processo de carbonização: conversão de uma substância orgânica em carbono ou num resíduo à base de carbono através de pirólise (decomposição química de matéria orgânica através do calor) ou destilação destrutiva (pirólise executada num mecanismo de destilação de modo a aglomerar os produtos voláteis).

<link>
Carbonisation
Carbonization of Emser Salt
Carbonization of Emser Salt - Formation of a Black "Pharao - Snake"
Chemical Snakes
</link>

20071108

Tutoriais de álgebra

algebasics™
Quantos de nós é que não sofreram durante as aulas e estudo de álgebra?

Para que os alunos de hoje-em-dia não sofram a mesma "tortura", o algebasics™ presta uma enorme ajuda durante o estudo da álgebra, com tutoriais em vários temas e com o passo-a-passo que normalmente não "apanhamos" nas aulas por estarmos distraídos :-P

<link>
algebasics™
</link>

O dicionário visual

Visuwords™
O Visuwords™ é um novo dicionário online que nos dá uma visão completamente diferente do que imaginamos para um dicionário.

Além de ser um dicionário normal é também um dicionário de sinónimos, dá-nos as palavras associadas ao termo introduzido e as suas relações e derivações. Tudo isto num grafo, ao estilo de rede neuronal.

Só mesmo experimentando!

Infelizmente, apenas funciona para termos em inglês...

<link>
Visuwords™
</link>

20071106

Uma forma de ver as coisas...

<a href="//www.youtube.com/watch?v=zORv8wwiadQ" target="_blank">The Most Terrifying Video You'll Ever See</a> (ver no YouTube)
<link>
The Most Terrifying Video You'll Ever See
</link>

Será isto o início do fim da picada?

Dolby VolumeQuantos de nós não desesperam quando, ao ver televisão, a emissão é interrompida para apresentar publicidade, especialmente quando o volume sonoro da mesma ultrapassa os limites do razoável?

A Dolby desenvolveu a tecnologia necessária que esse tipo de ocorrência deixe de existir. Já a tinha anunciado no início do ano, mas apenas recentemente a apresentou ao vivo.

O sistema desenvolvido pela Dolby é composto por 2 "módulos": Volume Leveler, que garante a consistência do volume sonoro, e Volume Modeler, que ajusta os graves e os agudos de modo a enriquecer a experiência sonora independentemente do nível sonoro.

Pode ser que, ao começarem a aparecer televisões com este tipo de equipamento instalado, os senhores manda-chuva dos canais televisivos assentem os pés na terra e comecem a dar-nos publicidade ao mesmo volume sonoro que a programação normal.

<link>
Dolby offers new TV volume-leveling solution @ gizmag
Dolby
</link>

20070921

Como dobrar roupa para ir em viagem...

Antes de eu ir de férias (uma semanita) aqui fica uma dica para quem gosta de viajar mas detesta ficar com a roupa sempre engelhada...

Como dobrar roupa para ir em viagem...
O site One Bag tem imensas dicas para viajar, não apenas como se dobra a roupa :-D
Visitem... e boas viajens.

<link>
One Bag
</link>

20070905

Bolos 'geek' (X)

Este é o 10º (sim, décimo) bolo geek da colecção. Por isso, tinha de ser um bolo "especial"...

Este é dedicado aos programadores que andam por aí :-P

Geek Cake
<link>
Geek Cake @ Flickr
</link>

Molson: Canadians Are Polite ?!

Aqui fica mais um clip publicitário da Molson...
Ver no <a href="//www.youtube.com/watch?v=TEsk8b09cQM&amp;eurl=http://www.blogger.com/post-create.g?blogID%3D7397926" target="_blank">YouTube</a>

20070823

Bolos 'geek' (IX)

Sim, mais um para a pequena colecção de bolos geek...

Os bolinhos de hoje são dedicados aos maluquinhos pelos circuitos electrónicos:

Bolos 'geek' (IX): Circuit Snacks
<link>
Circuit Snacks
</link>

20070822

Matrioskas para informáticos

Aqui está uma bela prenda para um/a amigo/a que trabalhe em informática (e que de vez em quando se esquece das "unidades de medida" utilizadas pelos computadores).

O Art.Lebedev Studio teve a brilhante ideia de criar um conjunto de matriokas que, em vez de apresentar a típica decoração das bonecas russas, apresenta em cada boneca as "unidades de medida" da informática: bit, byte, kilobyte, megabyte, gigabyte e terabyte.

Desta forma nunca mais se vai esquecer quais as "unidades de medida" e qual a sua ordem :-D
Matrioskas para informáticos
<link>
Matryoshkus set of six traditional Russian dolls
Matryoshka doll @ Wikipedia
</link>

Para quem gosta de controlar o consumo do automóvel

Tenho colegoas que de tempos a tempos (especialmente quando trocam de carro ou quando andam a pensar trocar de carro) que se põem a falar nos consumos do carro (L/100Km).

Muitas vezes a discussão perde todo o sentido uma vez que, para o mesmo modelo de automóvel, os valores do consumo são bastante díspares...

Por causa disso, e por não ter paciência para andar sempre a fazer contas, já tinha pensado em pôr "mãos à obra" e fazer um site onde fosse possível colocar os dados relativos à quilometragem do carro e ao combustível utilizado.

No entanto, descobri recentemente que esse tipo de site já existia. Nesse caso, para quê inventar a roda?

O site está engraçado e, sendo um site ao estilo web 2.0, ainda se encontra em fase de testes (beta). Por isso ainda se encontram alguns erros, nomeadamente ao nível da apresentação.

My Mile Marker
Uma coisa que se nota logo ao início é que a média de consumo se encontra em Km/L e não em L/100Km, como é usual na Europa. Isso deve-se provavelmente ao facto de o site ser originário dos Estados Unidos.

No entanto, não deixa de ser um site que vem facilitar os cálculos do consumo do nosso carro.

<link>
My Mile Marker
</link>

20070821

As "leis" do desenvolvimento de software

Quem trabalha em programação, ou pelo menos com computadores, sabe da existência "Lei de Murphy": se há a possibilidade de algo correr mal, de certeza que vai acontecer.

No entanto, esta não é a única aplicável ao mundo dos computadores. Das muitas que existem, podem-se destacar
  • a Lei de Moore: o número de transítores num circuito integrado duplica a cada 18 meses;
  • a Lei de Postel: seja conservador com o que envia e liberal com o que recebe;
  • o Princípio de Peter: numa hierarquia, qualquer empregado tende a subir ao seu nível de incompetência;
  • a Lei de Wirth: o software torna-se lento mais rapidamente que o hardware se torna rápido;
  • a Lei de Brook: adicionar pessoas a um projecto atrasado apenas o torna mais atrasado;
  • ...
Mas como não vou estar para aqui a enunciá-las todas, o que melhor é dar uma vista de olhos ao post Laws of Software Development do Joey deVilla ;-)

<link>
Laws of Software Development
Adages named after people @ Wikipedia
</link>

20070817

Os terramotos do planeta

Com todos os terramotos que têm ocorrido, e que chegam a nós através das notícias, torna-se quase uma necessidade de saber mais sobre eles.

Como se torna complicado ter de fazer pesquisas para encontrar o sítio certo onde ver os dados sobre os sismos, o pessoal da The Radioactive Yak criou o World Wide Earthquake.

O World Wide Earthquake é um mashup onde são aglomerados os dados de 3 centros de vigilância sísmica: Geoscience Australia, US Geological Survey (USGS) e European-Mediterranean Seismological Centre.

O mashup foi desenvolvido no Google Mashup Editor, com o processamento de dados a ser efectuado usando o Yahoo Pipes.

World Wide Earthquake
<link>
World Wide Earthquakes
Earthquake! With Damage and Rumble Radii
</link>

Molson: I Am Canadian

É uma publicidade antiga (do ano 2000), mas ainda a acho muito bem realizada e engraçada...

Ver no <a href="//www.youtube.com/watch?v=pnpVH7kIb_8&amp;eurl=http://www.blogger.com/post-create.g?blogID%3D7397926" target="_blank">YouTube</a>
<link>
Joe Canadian @ Wikipedia
</link>

20070809

Publicidade inteligente

O nível das águas do mar está, hoje em dia, em constante subida.

Por essa razão, a Save Our Climate colocou um outdoor para prevenir os mais desatentos dessa situação.

Para ver o efeito desse outdoor basta ver o vídeo...

Ver no <a href="//www.youtube.com/watch?v=MLpvnnu66v8&amp;eurl=http://www.blogger.com/post-create.g?blogID%3D7397926" target="_blank">YouTube</a>

<link>
Save Our Climate
</link>

20070710

O que acontece quando a Web 2.0 dá para o torto

Encontrei, há uns dias, um artigo acutilante (dividido em duas partes), escrito pelo arsenalist, que sintetiza o que muitos sites tentam fazer por causa da febre Web 2.0, mas que, como dizia Bocage, "é pior a emenda que o soneto".

Ele pegou na lista das 100 melhores aplicações web, compilada pela webware, e foi testando algumas de forma a verificar se eram mais valias ou se não passavam de rodas reinventadas.

O artigo (parte 1 e parte 2) tem comentários sobre o MyBlogLog, Tangler, Venyo, Squidoo, Platial, Yelp, Windows Live Hotmail, Windows Live Messenger, Flickr, MyPunchBowl e Wink.

Portanto, se queres desenvolver um site todo xpto (com todos os bells and whistles da Web 2.0) e não queres cometer os mesmos erros cometidos por outros web developers, dá uma vista de olhos pelo artigo...

<link>
When Web 2.0 Goes Wrong - Part 1
When Web 2.0 Goes Wrong - Part 2
</link>

20070613

The Falkirk Wheel

A Roda de Falkirk, nas proximidades de Falkirk na Escócia, é um elevador de barcos utilizado para ligar dois canais fluviais, o Forth and Clyde Canal e o Union Canal, e foi inaugurado a 24 de Maio e 2002.

O desnível entre os dois canais é de 24 metros, que equivale a aproximadamente um edifício de 8 andares, e são necessários cerca de 4 minutos para efectuar uma rotação de 180º.

A Roda é única no mundo e é apresentada como uma marca da engenharia escocesa.

A construção da Roda deveu-se à decisão de reabrir a ligação fluvial entre Glasgow e Edinburgo. Essa decisão levou à submissão de projectos para a ligação dos dois canais, sendo a Roda o projecto vencedor.

Há que notar que até aos anos 30 do século XX essa ligação existia à custa de 11 comportas elevatórias. Com o desuso dos canais, a ligação caiu no esquecimento e posteriormente enchida com terra.

Esta bela obra de engenharia (Roda, espaço envolvente e desvio do canal superior) custou a módica quantia de 84.5 milhões de libras (c. 125 milhões de euros) :-o

<a href="//www.youtube.com/watch?v=sjqr6dycBcI" target="_blank">Ver no YouTube</a>
<link>
The Falkirk Wheel (Official Site)
The Falkirk Wheel @ Wikipedia
</link>

20070612

Desafios à altura...

Nada com um concurso da televisão japonesa para lançar desafios... quase intransponíveis :-D

<a href="//www.youtube.com/watch?v=sgqOKj1hdXM" target="_blank">Ver no YouTube.</a>

20070611

A bandeira portuguesa...

  • Bandeira de Portugal no Google
Na passada semana foi disponibilizada uma lista de vídeos da Google sob o tema 'Working at Google'. A lista tem 7 curtos clips onde, em cada um deles, um empregado da Google fala de como é o seu trabalho.

Por mero acaso, deixei o clip intitulado 'Interviewing at Google' para último e qual não é o meu espanto quando, passados cerca de 5 ou 6 segundos, me passa pela frente a bandeira de Portugal instalada num dos laboratórios de desenvolvimento da Google. Capturei a frame, e ela aqui está:

Bandeira de Portugal no Google
  • Artigo de destaque da Wikipedia
Para quem não sabe, a Wikipedia diariamente tem um artigo de destaque e para gáudio de todos nós, ontem (dia 10 de Junho, Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas) o artigo destacado foi o da Bandeira de Portugal.

<link>
Interviewing at Google @ Youtube
Today's Featured Article, June 10, 2007 @ Wikipedia
</link>

20070606

O "hacker profissional" veio... e a imprensa gostou.

Nos últimos dias, na imprensa e noticiários, tem-se falado de um "hacker profissional" que veio a Lisboa, de propósito da Alemanha, para verificar o nível de segurança das rede wireless na cidade.

Apesar do mediatismo dado ao acontecimento há alguns pontos a ter em conta:
  • nenhum hacker é profissional, no limite poderá ser um consultor em segurança informática.
  • o que o tal senhor veio cá fazer não é novidade para quem percebe minimamente de redes informáticas. Além disso, o wardriving (que, na prática, foi o que o tal indivíduo veio cá fazer) é feito desde que existem as redes wireless...
  • qualquer pessoa, desde que tenha um portátil ou PDA, pode fazer o mesmo, bastando para tal aprender a utilizar o NetStumbler
  • o mesmo já foi feito em várias cidades de Portugal, a diferença é que a imprensa não fo chamada para assistir :-P
  • finalmente, é muito diferente estar numa rede desprotegida e estar numa que esteja protegida... embora uma rede que esteja "protegida" com WEP ser quase igual a uma que não esteja protegida... WPA é o método recomendado.
Resumindo e concluíndo, aparentemente tudo não passou de promoção gratuíta à empresa do tal senhor.

Quanto à comoção da imprensa... bem, a imprensa nacional devia deixar de pensar que o que vem de fora é que é bom e se querem notícias sobre segurança de redes também podem inquirir junto de empresas nacionais!

<link>
palhaçada wifi @ Confessions of a dangerous mind
Lisboa: “hacker” diz que um terço das redes sem fios têm problemas de segurança @ jornal Público
Redes wireless de Lisboa postas à prova @ semanário Sol
</link>

One Man Band 2.0

<a href="//www.youtube.com/watch?v=ejLtDJ5V-9g" target="_blank">Ver no YouTube!</a>

20070605

Porque é que um bug é um bug?

Esta é uma daquelas perguntas que todos os trabalhadores em tecnologias, e em especial os programadores, deviam saber a resposta!

Embora a maioria saiba que tem algo a ver com um bicharoco (bug) que apareceu dentro de um computador e causou uma falha no sistema, nem todos sabem a verdadeira (e correcta) razão pela qual se apelidam de bugs os erros em programas informáticos ou em periféricos electrónicos.

A explicação pode ser encontrada aqui. No entanto, aqui fica uma curta resenha.
Em 1947, no Laboratório de Computação da Universidade de Harvard, foi detectado um erro no computador Mark II, que revelou ter sido causado por uma traça que ficou entalada num relé.

Isso fez com que tivesse sido o primeiro bug documentado. Aliás, tão documentado que ainda hoje a traça se encontra colada ao livro de registos!

No entanto, o que aconteceu apenas fez com que os termos bug (erro) e debugging (correcção de erros) deixassem de fazer parte apenas do léxico restrito à comunidade mais técnica para começar a fazer parte do léxico dos mortais comuns.

O mais engraçado é que o termo bug faz parte do léxico das engenharias desde o século XIX.

Na realidade, a palavra bug é um diminutivo de Bugbear, que é uma criatura do folclore tradicional usada para assustar as crianças. O termo Bugbear era utilizado por engenheiros durante o desenvolvimento de protótipos quando surgiam erros inexplicáveis. A explicação possível era a culpa ser dos espíritos...

O termo bug (ou bogey), da palavra bugbear, pode ser encontrado no longínquo século XV, onde era utilizado como sinónimo de diabo ou fantasma.
Resumindo, um bug não tem nada a ver com insectos mas sim com espíritos malignos :-P

<link>
Why do we call them 'Bugs'?
</link>

20070530

Hugo Chávez, o novo Hitler?

As recentes acções e atitudes de Hugo Chávez (nomeadamente a não renovação da licença de emissão da RCTV, a ameaça a um canal de cabo, a ameaça à CNN) não deviam causar estranheza junto da comunidade internacional, especialmente depois da nacionalização da exploração de petróleo e de gás natural, da alteração da constituição da Venezuela, dos atropelos às liberdades dos cidadãos, et cetera. Mas, pelos vistos, é (apenas) com a não renovação da licença de emissão da RCTV que a comunidade internacional se está a indignar... infelizmente, acho que já vão um pouco tarde!

O próximo passo (e primeiro passo da conquista do continente sul-americano) é acumular forças do exército junto à fronteira com a Guyana (geograficamente à direita da Venezuela), invadir, depois vem o Suriname e finalmente a Guiana Francesa. E tudo isso para quê? Simples: para que consiga lançar satélites e disseminar a idealogia...

O segundo passo da conquista é a invasão da Colômbia. Porquê? Pelo controlo do mercado da coca. E por aí adiante, seguindo em passos sucessivos até que sobre apenas o Brasil por conquistar.

E, assim, estará novamente, finalmente e ampliada a concretização da Gran Colombia idealizada por Simón Bolívar, em quem Hugo Chávez se baseia.

É óbvio que estou a ironizar quanto à criação da nova Gran Colombia, mas talvez não esteja a falhar por muito quanto ao aglomerar de tropas junto das fronteiras de países vizinhos...

20070525

Algo vai mal no Reino...

Esta tem sido uma semana interessante, cá pelo burgo...

Tivemos a piada do professor Fernando Charrua, que foi suspenso de funções pela Directora da DREN por (supostamente) ter dito uma piada sobre o Primeiro Ministro (PM) "Engenheiro" José Sócrates. A Sr.ª Directora deve pensar que ainda estamos no Estado Novo...

Também houve a gaffe do Ministro das Obras Públicas (mais uma...), o Engenheiro Mário Lino (inscrito na Ordem dos Engenheiros... não terá sido também uma piada sobre o nosso PM?), que deve pensar que as pontes sobre o rio Tejo só devem ter sido construídas por capricho... segundo o ministro, o país a sul do rio Tejo é um deserto... isto tudo para defender a construção do novo aeroporto na Ota.

Para mais, ainda teve de vir o presidente do Partido Socialista, Almeida Santos, defender o Ministro das Obras Públicas dizendo que a margem Sul não é viável para a construção do novo aeroporto porque, por exemplo, imagine-se "que uma ponte é dinamitada?" (sim, é uma citação!) Podíamos contrapôr dizendo que há pelo menos outras duas pontes suplentes, uma construída e uma em fase de finalização...

Fiquei a saber, também esta semana, que dos cofres do Reino seguiram para a Palestina nada mais, nada menos que 2 milhões de dólares (cerca de 1.5 milhões de euros) para a construção de um estádio, com capacidade para 6 000 pessoas, na cidade de Al-Khader (próximo de Belém). O Estádio foi inaugurado no passado dia 30 de Abril. Notícias relativas a isto podem ser vistas aqui, aqui, aqui ou aqui.

Acto de solidariedade, dizem uns, desperdício de dinheiro, dizem outros... enfim, a solidariedade é necessária e cai no politicamente correcto, mas patrocinar a construção de um estádio num país que está em guerra civil não parece ser um bom investimento.

Por cá, vão-se fechando escolas, maternidades, serviços de atendimento permanentes...

20070504

A cidade das Vacas

Pois é... por cá temos o nosso Cú de Judas, mas os Estados Unidos, não podendo ficar atrás, têm a sua própria Cidade das Vacas (ou da Vaca... não sei!): Vacaville.

Vacaville é uma cidade de cerca de 90 mil habitantes e situa-se no estado da Califórnia.



Pelo que deu para ver, o que de mais importante saiu de Vacaville foram os Papa Roach (banda de rock alternativo Nu Metal).

<link>
Vacaville, California - Official Web Site
Vacaville, California @ Google Maps
Vacaville, California @ Wikipedia
</link>

20070426

Despertador voador

Despertador voadorA mais recente adição aos posts sobre despertadores é um relógio despertador voador... sim, voador! Um raro caso onde realmente se pode dizer que o tempo voa :-P

Agora a sério, este novo despertador (o Flying Clock, distribuído através do ThinkGeek) vem juntar-se aos tantos outros que obrigam as pessoas mais perguiçosas a levantar o rabo da cama para os desligar.

Este vem fazer a diferença pelo simples facto de ter uma chave (utilizada para desligar o despertador depois de activado) acoplada a uma hélice. No momento em que o despertador começa a tocar, a hélice começa a rodar e vai cair num qualquer canto do quarto levando a chave de desactivação com ela...

Enfim, para ver melhor o que acontece mais vale ir ao site do Flying Clock e ver o clip exemplificativo.

via TechEBlog

<link>
Flying Clock @ ThinkGeek
</link>

20070424

Bolos 'geek' (VII)

Mais bolos geek (a continuação da saga...), desta vez para os "agarrados" no World of Warcraft.

E, para não ser discriminatório, apresento-vos um bolo em honra da Alliance (o primeiro) e um em honra da Horde (obviamente, o segundo).

World of Warcraft, Alliance CakeWorld of Warcraft, Horde Cake<link>
World of Warcraft, Horde cake @ Wonderland blog
World of Warcraft, Alliance cake @ Wonderland blog
Relic's Double Chocolate Alliance @ Flickr
</link>

20070420

Os robots da Ann P. Smith

Os robots da Ann P. SmithAnn Smith cursou Ilustração na Rhode Island School of Design e cria pequenas esculturas de animais (parecidas com robots) a partir de componentes electrónicos e pedaços de máquinas que deixaram de funcionar.

<link>
Ann P. Smith's Robots
</link>

20070410

Peixe, peixe, peixe...

Pois é, da próxima vez que forem dar atirar migalhas de pão aos peixes há que ter em atenção que nem todos têm os dentes pequeninos...

Peixe, peixe, peixe... (Hydrocynus vittatus)
O espécimen mostrado na fotografia (tirada no rio Congo) é um peixe tigre (Hydrocynus vittatus).

O peixe tigre é um peixe de água doce, tem uma distribuição predominantemente pelo continente Africano, pode ter mais de 1 metro, pode pesar mais de 25 Kg e... pelos vistos, não precisa de ir ao dentista :-P

<link>
Tiger Fish: Another Reason Not to Swim in the Congo River @ Neatorama
Tiger Fish (Hydrocynus vittatus) @ iSpecies.org
Tiger Fish (Hydrocynus vittatus) @ FishBase
</link>

20070405

O "Google Maps" das estrelas

WikiSky.OrgO WikiSky é já considerado o equivalente do Google Maps para a vizualização das estrelas visíveis no espaço. No Goggle Maps vê-se de "cima para baixo" e no WikiSky vê-se de "baixo para cima"...

O WikiSky apresenta-nos o mapa das estrelas com as suas posições e as suas características básicas. Além disso, é também possível visualizar fotografias reais de cerca de 25% do espaço acima das nossas cabeças (recorrendo ao Sloan Digital Sky Survey. No entanto, apenas são apresentados objectos que estejam fora do nosso sistema solar.

Além disso, é ainda disponibilizada uma API de utilização grátis (o que é uma API?) para que possamos utilizar os dados existentes na WikiSky da forma que melhor entendermos.

<link>
WikiSky
Sloan Digital Sky Survey
</link>

20070403

A moda dos sacos de plástico

Obviamente não vou falar de alguma nova moda em que se dá uso aos sacos de plástico... o tema de hoje é a moda da não utilização de sacos de plástico nos mini/super/hipermercados.

Os sacos de plástico foram introduzidos no mercado em 1977 e, desde então, já representam cerca de 4/5 (80%) dos sacos utilizados em supermercados. Um saco de plástico demora entre 500 a 1000 anos a desaparecer completamente e, tendo em conta que por ano são utilizados mundialmente entre 500 mil milhões e 1 milhão de milhões de sacos de plástico (100 mil milhões nos E.U.A. apenas), o volume ocupado em lixeiras é enorme.

Por cá, o Lidl já o faz há alguns anos e o Pingo Doce recentemente também começou a não dar, apenas a vender, sacos de plástico para as compras aí efectuadas.

Nada que não fosse novidade... por exemplo, a cadeia no frills (existente no Canadá) já o faz há cerca de 30 anos!

Apesar das várias medidas tomadas em vários países (banidos na África do Sul em 2003, banidos no Bangladesh e em Taiwan, na Irlanda há uma sobretaxa de €0.15 e na França serão banidos a partir de 1 de Janeiro de 2010) o grande problema continua a ser a utilização desenfreada dos sacos de plásticos nos Estados Unidos. Daí a novidade das notícias que têm surgido.

Segundo notícias dos últimos dias há a possibilidade de uma Câmara Municipal banir por completo a utilização dos sacos de plástico para ensacar compras. A Câmara Municipal é a de São Francisco (E.U.A.) e a proposta apresentada prevê a entrada em efeito da lei dentro de um ano. A lei, ao proibir os sacos de plástico, obriga à utilização de sacos biodegradáveis ou que possam ser reutilizados: tecido, papel ou plástico biodegradável (feito à base de amido).

A entrar na "corrida" está também a IKEA, que oferece cerca de 70 milhões de sacos de plástico anualmente (só nos E.U.A), e irá passar a cobrar $0.05 (cinco cêntimos de dólar) por cada saco de plástico! Esta medida já está em efeito há cerca de um ano nas lojas IKEA do Reino Unido.

<link>
no frills
Lidl
Saco de Plástico @ Wikipedia
IKEA to start charging for plastic bags
SF to ban plastic bags
</link>

20070330

Os truques do negócio

Para cada ocupação há uma colecção de truques que apenas os profissionais do ramo conhecem.

Matthew Baldwin (programador, autor do blog defective yeti e cronista no The Morning News) teve a ideia de pedir aos seus leitores que lhe enviassem os seus tricks of the trade e, pelos vistos, obteve mais respostas do que estava estava à espera.

A lista inclui truques enviados por pessoas de vários ramos. São cerca de 30, desde actores a artistas de circo, passando por advogados e enfermeiros.

Para lerem a lista completa, basta seguirem o link. No entanto, aqui ficam dois dos truques usados (só para adoçar a boca)
Assistência Técnica - quando a assistência técnica consegue resolver um problema, normalmente é-lhes pedido que preencham um relatório do procedimento. Os supervisores lêem esses relatórios, portanto é necessário ser-se profissional. No entanto, é possível poupar o tempo de escrita do relatório escrevendo o seguinte acrónimo "PEBKAC" para situações onde o cliente foi o causador do problema. PEBKAC significa Problem Exists Between Keyboard And Chair, traduzindo: O Problema Está Entre O Teclado E A Cadeira!

Enfermagem - Alguns doentes, por vezes, fingem-se desmaiados. Um forma de ter a certeza disso é pegar na mão deles, ergue-la por cima da cara deles e deixá-la cair. Se a mão lhes acertar é porque está inconscientes...
via Digital Inspiration

<link>
Tricks of the Trade
</link>

20070327

Pastilhas elásticas no chão, não!

Pastilhas no chão, não!Quase todas as grandes ideias ou descobertas nasceram a partir de felizes (ou infelizes) coincidências.

Esta ideia também nasceu de uma coincidência. Neste caso, uma infeliz coincidência uma vez que ter uma pastilha elástica agarrada na sola do sapato não é nada agradável... especialmente se os sapatos forem caros!

A pastilha elástica, em variadas formas, é utilizada desde (pelo menos) a Antiga Grécia e ao longo dos tempos têm-se utilizado os mais variados materiais para as fabricar.

No entanto, uma propriedade da pastilha elástica conservou-se desde o início da sua existência: a facilidade com que adere ao cimento e a outras superfícies duras. Essa propriedade leva a que seja extremamente difícil a sua limpeza.

Por isso, é comum ver passeios urbanos pontilhados com milhares de pedaços de pastilha atirados ao chão (a venda de pastilhas elásticas é proibida em Singapura desde 1992 por essa razão).

Voltando à questão das ideias e das coincidências... Loredana Oliveti e Ornella DeCola, de Toronto, tiveram a ideia de criar o Envyrobubble: um recipiente público para a deposição de pastilhas elásticas usadas que, depois de recolhidas, são convertidas em fertilizante!

Por cá, ainda nos vamos contentando com os poucos e muito mal distribuídos (quando os há!) caixotes do lixo.

<link>
Gum off the streets
Envyrobubble
Chewing gum @ Wikipedia
</link>

20070320

Os buracos negros...

Os buracos negros...Pela sua denominação, poderíamos pensar que é difícil detectar buracos negros. Ironicamente, os buracos negros até são fáceis de encontrar.

Isto deve-se à forma de "funcionamento" dos buracos negros. Ou seja, à medida que matéria é sugada para o buraco negro, devido à atracção gravítica, ganha uma quantidade imensa de energia cinética. Esse aumento de energia cinética observa-se através do aumento da velocidade da matéria e consequente aumento da temperatura (na ordem dos milhões de graus).

A estes acontecimentos também estão associados campos magnéticos e outras forças que acendem a matéria em movimento. Quanto maior o buraco negro mais brilhante fica a matéria espacial.

Quando qualquer tipo de matéria é aquecida na ordem dos milhões de graus, é iniciado um processo de geração de ondas de raios-x. É aqui que o Chandra entra em acção.

O Chandra é um satélite de detecção de raios-x, lançado pela NASA em 1999. A astronomia de raios-x estuda a emissão de raios-x por parte dos objectos celestes. Uma vez que a atmosfera terrestre absorve a quase totalidade dos raios-x espaciais são necessários instrumentos que se elevem acima dela. Daí a existência do Chandra.

Juntando as duas coisas, a geração de raios-x pela matéria super-aquecida e o Chandra, é possível obter o "mapa" das localizações de buracos negros.

A imagem em cima (zoom) representa parte desse mapa, nomeadamente a constelação de Boötes. Foi tirada ao longo de 175 horas, em 126 exposições de 5000 segundos cada, tem 9.3 graus quadrados (40 vezes superior à área da lua cheia - aparecendo na imagem apenas para comparação) e nela podemos ver mais de mil pontos luminosos.

Cada um desses pontos luminosos é um buraco negro: a vermelho os raios-x de baixa energia (0.5-1.3 keV), a azul os de alta energia (2.5-7 keV) e a verde os raios-x de enegia com valores intermédios (1.3-2.5 keV).

Incrivelmente, em menos de 100 anos (desde a teoria da relatividade geral [1915] - onde é aceite que a luz é influenciada pela gravidade), foi possível passar da mera hipótese a uma simples fotografia com mais de 1000 buracos negros!

<link>
1300 black holes @ Bad Astronomy Blog
Bootes Field:
New Panorama Reveals More Than a Thousand Black Holes
@ Chandra X-Ray Observatory
Chandra X-ray Observatory @ Wikipedia
X-ray astronomy @ Wikipedia
Black holes @ Wikipedia
</link>

20070316

Um mealheiro ao acordar

Continuando com os posts sobre despertadores diferentes do habitual (uma campainha de incêndio ao acordar; mais um despertador; depois de dormir, há que acordar), aqui fica mais um: o Banclock (em japonês).

O funcionamento deste despertador é muito simples: para desligar o despertador sonoro, basta inserir uma moeda na ranhura...

Só está à venda no Japão e custa cerca de 39€ (¥5,985).

Um mealheiro ao acordar
via TechEBlog

<link>
Banclock (em japonês) (traduzido para inglês)
BANCLOCK Only Turns Off When You Feed it Money @ TechEBlog
</link>

20070313

Todos os ginásios deviam ser assim...

13 das máquinas existentes no ginásio de Hong Kong da California Fitness (step, bicicletas e cross-training) foram equipadas com geradores de modo a, além de aldegaçar o corpo de quem as utiliza, geram energia suficiente para alimentar a iluminação do próprio ginásio.

Cada máquina, além de gerar electricidade, está ligada às lâmpadas que iluminam a mesma. Dessa forma, as lâmpadas apenas são ligadas com a utilização da máquina.

Segundo o presidente da California Fitness (e sendo apenas uma estimativa), a utilização de uma máquina durante um período de uma hora por dia (durante um ano) gera energia sufiente para prevenir a libertação de mais de 4000 litros de CO2.

<a href="//www.youtube.com/v/GDU72PD3vIs" target="_blank">Ver no YouTube!</a>
via TechEBlog
<link>
California Fitness
Gym Gets Calorie-Powered Lights @ TechEBlog
</link>

20070306

Bolos 'geek' (VI)

Continuando na senda dos bolos geek, aqui ficam mais dois. Desta vez, são de uma talentosa desenhadora e decoradora de bolos vinda de Inglesa, a Michelle Wibowo.

Millenium Falcon CakeChess and Game Boy Cake
via Wonderland

<link>
Millenium Falcon cake @ Wonderland
Michelle Cakes
</link>

20070302

As figuras que se fazem quando a tempestade chega...

Quem já andou num tempestade de neve decerto que sabe quais são as figuras que uma pessoa faz.

Quem nunca teve o prazer de andar no meio de uma tempestade de neve... aqui fica um conjunto de fotos tiradas ontem, durante a tempestade de neve que assolou a cidade de Toronto.

As figuras que se fazem quando a tempestade chega...
<link>
Storm Walk @ Flickr
</link>

20070301

Remoção do gelo acumulado em aviões

Quem já andou de avião durante o Inverno em zonas do globo que atinjam temperaturas negativas, decerto que já reparou que os aviões antes de levantar vôo passam por uma zona onde é removido o gelo acumulado nas asas e no corpo do avião.

A acumulação de gelo no corpo do avião, em especial na zona das asas, pode tornar perigosa a pilotagem do mesmo, ao ponto de causar quedas!

Se a remoção do gelo não for feita a superfície do avião torna-se rugosa demais para providenciar uma passagem suave através do ar, especialmente na zona das asas. Caso a superfície não seja suave, a passagem do ar pelas asas não se torna estável o suficiente para criar (e manter) a sustentação necessária ao vôo. Além disso, a acumulação de gelo também pode bloquear as partes móveis, nomeadamente os flaps e o leme.

A remoção de gelo, enquanto o avião se encontra na pista, é feita através da projecção de líquido anticongelante para a superfície do avião. Em aviões mais modernos, já se podem encontrar sistemas de remoção de gelo durante o vôo.

<a href="//www.youtube.com/v/6E0LxoQzCMI" target="_blank">Ver no YouTube</a>
via BlogTO

Portanto, quando forem fazer férias na neve e, no dia do regresso, acharem que o embarque está a demorar demais, provavelmente o que está a acontecer é a remoção do gelo acumulado nas asas do avião!

<link>
Deicing @ Wikipedia
</link>

... e a montanha pariu um rato!

... e a montanha pariu um rato!Muito foi dito (como se pode ver pelos links indicados em baixo), quase nada parece ter sido feito... nada que se afaste do estado normal da nossa sociedade!

Era para fechar?! Não fecha!

Pela comoção gerada em torno do assunto e pelas notícias veículadas para a imprensa, parece que havia quem estivesse realmente interessado no encerramento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Ourém.

Mas, como não fecha, apenas podemos assumir que, ao Centro de Saúde de Ourém, não chegou nenhuma ordem de fecho vinda do Ministério da Saúde... por isso, e apenas por isso, o SAP não encerra das 22h às 8h!

<link>
Olival e o seu Concelho
JS de Ourém contra a redução do horário do Centro de Saúde
SAP prestes a encerrar
O vazio
Urgências encerram das 22 às 8 horas
Sem polícia e sem urgências
</link>

20070226

NHL para NBA em 3 minutos

NHL para NBA em 3 minutos
O Air Canada Centre é um pavilhão polidesportivo, localizado em Toronto, onde normalmente jogam as equipas Toronto Maple Leafs (hóquei no gelo, NHL), Toronto Raptors (basquetebol, NBA) e Toronto Rock (lacrosse, NLL). As instalações também albergam um teatro onde são apresentados concertos, musicais e peças teatrais.

Ao clicar na imagem é apresentado um vídeo de 3 minutos com a conversão da arena de hóquei no gelo para o campo de basquetebol, gravado ao longo de 16 horas.

Aqui podemos ver o que acontece quando acaba um jogo de hóquei no gelo e é efectuada a transformação: o que acontece ao gelo, de onde vem o chão do campo de "basquete", de onde vêm os lugares extra... uma tarefa que é efectuada ao longo de cerca de 10 horas por uma equipa de 20 a 25 trabalhadores!

No entanto, a conversão não é feita apenas entre hóquei no gelo e basquetebol, também é feita para lacrosse e para concertos. Ou seja, nunca há descanso.

<link>
Night moves at the ACC @ Toronto Star
NHL para NBA em 3 minutos @ Toronto Star
Air Canada Centre
Air Canada Centre @ Wikipedia
</link>

20070222

A última luz das lâmpadas incandescentes...

... na Austrália, dentro de 3 anos!

Segundo foi anunciado pelo Ministro do Ambiente do Governo Federal da Austrália, no passado dia 20 de Fevereiro, a transição de lâmpadas incandescentes para lâmpadas fluorescentes compactas estará terminada dentro de 3 anos.

A medida não será aplicada apenas em edifícios públicos, mas sim em todas as habitações australianas. Ou seja, em 2010 deixarão de ser vendidas lâmpadas incandescentes na Austrália!

Com isto, passará a ser utilizada apenas cerca de 1/5 da energia necessária, hoje em dia, para obter a mesma iluminação.

Esta decisão foi tomada devido à necessidade de adoptar novas medidas para fomentar a eficiência energética, entre as quais a redução da emissão de gases de estufa.

Com esta medida, o Governo australiano, espera que em 2012 seja possível haver uma redução de 800 000 toneladas às emissões anuais de gás para a atmosfera.

<link>
Light bulbs get the flick @ News.Com.Au
Incandescent light bulb @ Wikipedia
Compact fluorescent lamp @ Wikipedia
</link>

Um slogan a favor da reciclagem...

Um slogan a favor da reciclagem...© 2006, Ana Crisan
São necessários 7 anos para que 9 árvores sejam transformadas em apenas um rolo de papel higiénico!

Sim, dá que pensar... Portanto, toca a reciclar!

<link>
7 years... think about it... @ Flickr
Recycling @ Wikipedia
Sociedade Ponto Verde
</link>

20070216

Não existem perquntas estúpidas, apenas pessoas estúpidas!

Uma tira engraçada para o fim-de-semana.

Não existem perquntas estúpidas, apenas pessoas estúpidas!© 1998, User Friendly by Illiad
Assistência - Asistência técnica, fala o Greg.
Cliente - Olá. É preciso comprar selos para enviar correio electrónico?
A. - Não... não, minha senhora. Não necessita de comprar selos para enviar correio electrónico.
C. - Ok. Adeus.
Colega - Mais uma perqunta estúpida?
A. - Não existem perguntas estúpidas, apenas pessoas estúpidas!
Bom fim-de-semana :-D

<link>
UserFriendly Comic for 1998-07-15
</link>

20070214

O calendário de 2007 da má usabilidade

Usabilidade é o termo que define a facilidade, ou falta dela, em utilizar uma determinada ferramenta.

No mundo das aplicações informáticas (desktop ou web) o termo aplica-se à componente relativa à utilização da interface gráfica, ao que é dado aos utilizadores para interagirem com a aplicação.

Como a quantidade de maus exemplos de usabilidade é tanta, houve quem se desse ao trabalho de fazer um calendário onde cada mês é apresentado como um exemplo de má usabilidade.

Além disso, ainda houve alguém que o traduziu para português...


<link>
Calendário da Má Usabilidade
Usability @ Wikipedia
</link>

Cuidado com o que dão aos vossos gatos!

Cuidado com o que dão aos vossos gatos!Uma pessoa está sempre a aprender...

Sabiam vocês que os gatos podem morrer se ingerirem paracetamol? Eu não sabia, mas aparentemente os gatos são hiper-sensíveis ao dito componente.

São sensíveis ao ponte de uma pequena quantidade de paracetamol ditar o seu fim!

O paracetamol não é mais que um analgésico e antipirético. Mas é mais conhecido pelo nome das marcas que fabricam medicamentos onde o princípio activo é o paracetamol: Tylenol, Panadol, Benuron, Dafalgan, ...

<link>
Can I use Tylenol to kill a cat? @ Drugs and Poisons
Tylenol @ Wikipedia
Paracetamol @ Wikipedia
Marcas de medicamentos com paracetamol @ Wikipedia
</link>

20070212

Em Leiria, sentiu-se!

Sismo de 6.1 (Richter) ao largo de Portugal
Hoje de manhã, mais precisamente às 10h35 (segundo o Instituto de Meteorologia), ocorreu um sismo ao largo de Portugal continental, a cerca de 160Km a SW do Cabo de S. Vicente (Latitude 36,07; Longitude -10,29).

O sismo teve uma magnitude de 5.8 da escala de Richter e, na cidade de Leiria, senti-o!

Posso dizer que não é uma sensação muito agradável... especialmente quando se tem percepção de que o que está a acontecer não é devido a nenhum camião que vai a passar na rua, mas sim devido a um sismo.

A única coisa a fazer é estar preparado para sair do edifício, o mais rápidamente possível e de forma ordeira, para campo aberto (que, por acaso, até há aqui em frente).

Felizmente, isso não foi necessário. Tão depressa como chegou, também se foi!

<link>
Actividade Sísmica em Portugal
</link>

20070208

O que é a Web 2.0?

O que é a Web 2.0?

A resposta para esta pergunta anda a ser procurada há já algum tempo. Nomeadamente, desde que, em 2004, a O'Reilly Media criou a conferência com o mesmo nome, onde foi discutida a transição de serviços web para uma segunda geração, focando a colaboração online e a partilha entre utilizadores: a web social!

A definição exacta continua em debate. Desde os mais aguerridos defensores aos que desdenham a existência do próprio termo, poucos deixam para trás a oportunidade de dar a sua opinião.

Até que, no passado dia 31 de Janeiro, Michael Wesch (antropólogo) adicionou o clip, entitulado Web 2.0 ... The Machine is Us/ing Us, no Youtube.

Até ao momento, e segundo uma grande variedade de sites, o clip que melhor explica como funciona a Web 2.0 e do que é constituída.

Mas, o melhor, é serem vocês mesmos a comprová-lo...

O mais engraçado, é que o surgimento deste clip não se deve ao trabalho de alguém que está directamente relacionado com o desenvolvimento e crescimento desta nova fase da web, mas sim ao trabalho de um antropólogo!

<link>
Web 2.0 ... The Machine is Us/ing Us @ YouTube
Web 2.0 @ Wikipedia
What Is Web 2.0 by Tim O'Reilly
</link>

20070207

Jogos de computador fazem bem

Os jogos de computador (de vídeo, de consola, ...) já foram apelidados de quase tudo: demónicos, desencaminhadores, antisociais, viciantes, etc.

Para mais, se tivermos em conta os estudos que têm sido efectuados, desde o surgimento dos jogos de computador, as opiniões divergem ainda mais.

No entanto, nos últimos meses têm aparecido alguns artigos que vêm contrariar o pensamento mais tradicional sobre o jogos de computador ou, pelo menos, clarificar os porquês de algumas reacções de quem os joga.

Segundo um artigo do Science Daily, e relativamente a jogos que são viciantes e dos quais é difícil deixar de depender (tanto crianças como adultos), uma situação bastante comum hoje-em-dia, mas uma situação que acontece por uma razão apenas: motivação. Devido a necessidades psicológicas afectas aos humanos em geral.

O estudo abordado afirma que as pessoas gostam de jogar porque se sentem psicologicamente satisfeitas ao fazê-lo. Porque o bem-estar psicológico é atingido quando um jogo providencia oportunidades de progressão, liberdade e contacto com outros jogadores.

Por outro lado, o jornal Toronto Star noticia a utilização de jogos de vídeo como forma de obrigar o corpo a movimentar-se. Neste caso, os jogos de vídeo são utilizados como método de recuperação por uma criança com paralisia parcial do lado esquerdo do corpo, limitando a movimentação da mão e braço.

São utilizados jogos alterados, recorrendo a uma Playstation2 e uma câmera com sensor de movimento, que obrigam os jogadores a "trabalhar" o lado mais fraco do corpo.

Continuando com os benefícios para a saúde, no site 2Old2Play é noticiado um estudo onde chegaram à conclusão que quem joga jogos de acção regularmente (cerca de 1 hora por dia) consegue ter uma melhor reacção a estímulos visuais.

Resumindo, ao passarmos algum tempo a jogar satisfazemos o nosso ego, melhoramos a nossa coordenação motora e a nossa acuidade visual.

<link>
A Reason Why Video Games Are Hard To Give Up @ Science Daily
Rehab child's play with video game @ Toronto Star
Playing Games Betters Eyesight @ 2Old2Play
</link>

Métodos para facilitar a multiplicação

Aqui ficam dois métodos para facilitar o cálculo de uma multiplicação, especialmente quando não há uma calculadora por perto ;-)




<link>
Multiplication @ Wikipedia
</link>

20070205

A casa de gelo

Microsfot Ice House in TorontoDurante a passada semana esteve em "exposição" uma Casa de Gelo na baixa de Toronto, na Dundas Square (junto à entrada do Eaton Centre). E porquê?, perguntam vocês. A resposta é simples: pela Microsoft para o lançamento do novo sistema operativo, o Windows Vista, e da nova versão do Microsoft Office, o 2007.

Era uma humilde casa construída com 122 toneladas de gelo e com 167 metros quadrados de área, onde foram constavam uma cozinha, uma sala de jantar, escritório, sala de estar (ver imagem acima), 2 quartos e casa de banho. Há que notar o facto de todas as divisões estarem interligadas e equipadas com televisão e computador. Visitável das 10 da manhã às 7 da tarde.

O que se pode dizer: o verdadeiro stunt promocional!

Em contrapartida, deste lado do Atlântico, tivemos direito a ver o Simão Sabrosa "comprar" um Windows Vista + Office 2007

<link>
Microsoft Ice House in Toronto @ Flickr
The Ice House that Gates Built @ Torontoist
</link>

20070202

Quanto ganhará este homem?

Presidente do World BankO senhor na foto, aqui lado, não é mais, nem menos, que Paul Wolfowitz, o Presidente do World Bank. A foto foi tirada à saída de uma mesquita, na Turquia, durante uma visita de 2 dias.

Olhando para a foto, em especial para os buracos nas meias, ninguém pensaria que o senhor tem um salário de $391 440, ou cerca de 301 820€ (valores de 1 de Junho de 2005).

É óbvio que deve haver alguma explicação para o sucedido: podia não haver lojas de confiança na Turquia; o homem é mesmo poupadinho; transpira muito dos pés, por isso gosta de os ter bem arejados (os pés); quis mostrar o quanto está empenhado em solucionar os problemas do Mundo; a secretária, como retaliação por não lhe ter sido aumentado o salário, apenas lhe meteu meias rotas na mala e aquele par era o que estava em melhor estado;

Independentemente das suas razões, apenas podemos esperar que a sua administração do World Bank não esteja a ser como as suas meias: cheia de buracos!

via Joey deVilla's Personal Blog

<link>
World Bank
World Bank @ Wikipedia
Paul Wolfowitz
Holes found in Wolfowitz's style
Maybe It's the Style at the World Bank
</link>

O porquê de o pessoal técnico ganhar menos que os gestores

Engenheiros, cientistas e técnicos quase sempre ganham menos que gestores.

Ora aqui está a prova científica da razão pela qual isso é uma verdade:
Postulado 1: Conhecimento é Poder (ou Força).
Postulado 2: Tempo é Dinheiro.

Como qualquer engenheiro sabe (ou devia saber), Força = Trabalho/Tempo
Uma vez que Conhecimento = Poder e Tempo = Dinheiro, temos Conhecimento = Trabalho/Dinheiro
Resolvendo de modo a obtermos o valor de Dinheiro: Dinheiro = Trabalho/Conhecimento

Assim, à medida que o Conhecimento tende para zero, o Dinheiro tende para infinito independentemente do valor (ou quantidade) de Trabalho.

Conclusão: quanto menor a quantidade de Conhecimento, maior a quantidade de Dinheiro
via dzone

<link>
Why technical people get paid less than managers
</link>